Versículo original:
Capítulo 2 Versículo 11E o Senhor levanta a sua voz diante do seu exército, porque muito grande é o seu arraial; e poderoso é quem executa a sua ordem; pois o dia do Senhor é grande e muito terrível, e quem o poderá suportar?

Versículos de referência:
Capítulo 1 Versículo 6Quem pode manter-se diante do seu furor? e quem pode subsistir diante do ardor da sua ira? a sua cólera se derramou como um fogo, e por ele as rochas sao fendidas.
Capítulo 6 Versículo 17porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?
Capítulo 3 Versículo 2Mas quem suportará o dia da sua vinda? e quem subsistirá, quando ele aparecer? Pois ele será como o fogo de fundidor e como o sabão de lavandeiros;
Capítulo 5 Versículo 18Ai de vós que desejais o dia do Senhor! Para que quereis vós este dia do Senhor? Ele é trevas e não luz.
Capítulo 5 Versículo 20Não será, pois, o dia do Senhor trevas e não luz? não será completa escuridade, sem nenhum resplendor?
Capítulo 3 Versículo 16E o Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os céus e a terra tremem, mas o Senhor é o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel.
Capítulo 25 Versículo 30Tu pois lhes profetizarás todas estas palavras, e lhes dirás: O Senhor desde o alto bramirá, e fará ouvir a sua voz desde a sua santa morada; bramirá fortemente contra a sua habitação; dará brados, como os que pisam as uvas, contra todos os moradores da terra.
Capítulo 1 Versículo 2Disse ele: O Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os prados dos pastores lamentam, seca-se o cume do Carmelo.
Capítulo 50 Versículo 34Mas o seu Redentor é forte; o Senhor dos exércitos é o seu nome. Certamente defenderá em juízo a causa deles, para dar descanso � terra, e inquietar os moradores de Babilônia.
Capítulo 22 Versículo 14Do céu trovejou o Senhor, o Altíssimo fez soar a sua vóz.
Capítulo 7 Versículo 18Naquele dia assobiará o Senhor �s moscas que há no extremo dos rios do Egito, e �s abelhas que estão na terra da Assíria.
Capítulo 13 Versículo 4Eis um tumulto sobre os montes, como o de grande multidão! Eis um tumulto de reinos, de nações congregadas! O Senhor dos exércitos passa em revista o exército para a guerra.
Capítulo 42 Versículo 13O Senhor sai como um valente, como homem de guerra desperta o zelo; clamará, e fará grande ruído, e mostrar-se-á valente contra os seus inimigos.
Capítulo 1 Versículo 15Aquele dia é dia de indignação, dia de tribulação e de angústia, dia de alvoroço e de assolação, dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de densas trevas,
Capítulo 18 Versículo 8Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga.Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga.
Capítulo 46 Versículo 6Bramam nações, reinos se abalam; ele levanta a sua voz, e a terra se derrete.
Capítulo 24 Versículo 23Proferiu ainda a sua parábola, dizendo: Ai, quem viverá, quando Deus fizer isto?
Capítulo 22 Versículo 15Disparou flechas, e os dissipou; raios, e os desbaratou.
Capítulo 2 Versículo 25Assim vos restituirei os anos que foram consumidos pela locusta voadora, a devoradora, a destruidora e a cortadora, o meu grande exército que enviei contra vós.
Capítulo 30 Versículo 7Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante! É tempo de angústia para Jacó; todavia, há de ser livre dela.

Está curtindo nossa programação? então aproveita e peça sua música!

Coloque a cima o nome da música e o nome do cantor.
Esse campo não é obrigatório.