Versículo original:
Capítulo 2 Versículo 22Não temais, animais do campo; porque os pastos do deserto já reverdecem, porque a árvore dá o seu fruto, e a vide e a figueira dão a sua força.

Versículos de referência:
Capítulo 65 Versículo 10-11 [10] enches d'água os seus sulcos, aplanando-lhes as leivas, amolecendo-a com a chuva, e abençoando as suas novidades. [11] Coroas o ano com a tua bondade, e as tuas veredas destilam gordura;
Capítulo 1 Versículo 18-20 [18] Como geme o gado! As manadas de vacas estão confusas, porque não têm pasto; também os rebanhos de ovelhas estão desolados. [19] A ti clamo, ó Senhor; porque o fogo consumiu os pastos do deserto, e a chama abrasou todas as árvores do campo. [20] Até os animais do campo suspiram por ti; porque as correntes d'água se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto.
Capítulo 26 Versículo 4eu vos darei as vossas chuvas a seu tempo, e a terra dará o seu produto, e as árvores do campo darão os seus frutos;
Capítulo 8 Versículo 12porquanto haverá a sementeira de paz; a vide dará o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e os céus darão o seu orvalho; e farei que o resto deste povo herde todas essas coisas.
Capítulo 34 Versículo 27E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; saberão que eu sou o Senhor, quando eu quebrar os canzis do seu jugo e as livrar da mão dos que se serviam delas.
Capítulo 14 Versículo 5-7 [5] Eu serei para Israel como o orvalho; ele florescerá como o lírio, e lançará as suas raízes como o Líbano. [6] Estender-se-ão as suas vergônteas, e a sua formosura será como a da oliveira, a sua fragrância como a do Líbano. [7] Voltarão os que habitam � sua sombra; reverdecerão como o trigo, e florescerão como a vide; o seu renome será como o do vinho do Líbano.
Capítulo 104 Versículo 11-14 [11] Dão de beber a todos os animais do campo; ali os asnos monteses matam a sua sede. [12] Junto delas habitam as aves dos céus; dentre a ramagem fazem ouvir o seu canto. [13] Da tua alta morada regas os montes; a terra se farta do fruto das tuas obras. [14] Fazes crescer erva para os animais, e a verdura para uso do homem, de sorte que da terra tire o alimento,
Capítulo 3 Versículo 10-12 [10] Trazei todos os dízimos � casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança. [11] Também por amor de vós reprovarei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; nem a vossa vide no campo lançará o seu fruto antes do tempo, diz o Senhor dos exércitos. [12] E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos exércitos.
Capítulo 107 Versículo 35-38 [35] Converte o deserto em lagos, e a terra seca em nascentes. [36] E faz habitar ali os famintos, que edificam uma cidade para sua habitação; [37] semeiam campos e plantam vinhas, que produzem frutos abundantes. [38] Ele os abençoa, de modo que se multiplicam sobremaneira; e não permite que o seu gado diminua.
Capítulo 36 Versículo 8Mas vós, ó montes de Israel, vós produzireis os vossos ramos, e dareis o vosso fruto para o meu povo de Israel, pois já está prestes a vir.
Capítulo 36 Versículo 30mas multiplicarei o fruto das árvores, e a novidade do campo, para que não mais recebais o opróbrio da fome entre as nações.
Capítulo 147 Versículo 9que dá aos animais o seu alimento, e aos filhos dos corvos quando clamam.
Capítulo 30 Versículo 23Então ele te dará chuva para a tua semente, com que semeares a terra, e trigo como produto da terra, o qual será pingue e abundante. Naquele dia o teu gado pastará em largos pastos.
Capítulo 65 Versículo 12destilam sobre as pastagens do deserto, e os outeiros se cingem de alegria.
Capítulo 51 Versículo 3Porque o Senhor consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Edem e a sua solidão como o jardim do Senhor; gozo e alegria se acharão nela, ação de graças, e voz de cântico.
Capítulo 26 Versículo 5a debulha vos continuará até a vindima, e a vindima até a semeadura; comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra.
Capítulo 9 Versículo 14Também trarei do cativeiro o meu povo Israel; e eles reedificarão as cidades assoladas, e nelas habitarão; plantarão vinhas, e beberão o seu vinho; e farão pomares, e lhes comerão o fruto.
Capítulo 4 Versículo 12
Capítulo 36 Versículo 6A tua justiça é como os montes de Deus, os teus juízos são como o abismo profundo. Tu, Senhor, preservas os homens e os animais.
Capítulo 104 Versículo 27Todos esperam de ti que lhes dês o sustento a seu tempo.
Capítulo 145 Versículo 15Os olhos de todos esperam em ti, e tu lhes dás o seu mantimento a seu tempo;
Capítulo 145 Versículo 16abres a mão, e satisfazes o desejo de todos os viventes.
Capítulo 147 Versículo 8Ele é que cobre o céu de nuvens, que prepara a chuva para a terra, e que faz produzir erva sobre os montes;
Capítulo 30 Versículo 24Os bois e os jumentinhos que lavram a terra, comerão forragem com sal, que terá sido padejada com a pá e com o forcado,
Capítulo 4 Versículo 11E não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive em que há mais de cento e vinte mil pessoas que não sabem discernir entre a sua mão direita e a esquerda, e também muito gado?
Capítulo 67 Versículo 6A terra tem produzido o seu fruto; e Deus, o nosso Deus, tem nos abençoado.
Capítulo 34 Versículo 26E delas e dos lugares ao redor do meu outeiro farei uma bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de bênçãos serão.
Capítulo 36 Versículo 35E dirão: Esta terra que estava assolada tem-se tornado como jardim do Eden; e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas.
Capítulo 9 Versículo 15Assim os plantarei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o senhor teu Deus.
Capítulo 2 Versículo 16quando alguém vinha a um montão de trigo de vinte medidas, havia somente dez; quando vinha ao lagar para tirar cinqüenta, havia somente vinte.
Capítulo 3 Versículo 7De modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.De modo que, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.

Está curtindo nossa programação? então aproveita e peça sua música!

Coloque a cima o nome da música e o nome do cantor.
Esse campo não é obrigatório.